Standort in Deutschland, wo man günstige und qualitativ hochwertige Kamagra Ohne Rezept Lieferung in jedem Teil der Welt zu kaufen.

Wenn das Problem der Verringerung der Potenz berührt mich persönlich war ich schockiert, dass das passiert gerade mit mir kamagra Übrigens jeder leisten und gibt eine sofortige Wirkung ohne Hausarbeiten Anwendungen.

_prova geral completa 2012

HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS - HMTJ
PROVA DE SELEÇÃO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA 2012
Local: Hospital Therezinha de Jesus - HMTJ Endereço: Rua Dr. Dirceu de Andrad e, 33 – São Mateus – Juiz de Fora/MG REGULAMENTO
Leia atentamente as seguintes instruções:
1) Você receberá do fiscal o seguinte material: a) Um cartão de respostas destinado à marcação da opção que julgar acertada em cada b) Um caderno com o enunciado das 100 (cem) questões e respectivas opções, sem repetição 2) Verifique se este material está em ordem. Ocorrendo dúvidas, notifique imediatamente ao fiscal. 3) Para cada uma das questões são apresentadas 4 (quatro) alternativas classificadas com as letras a),b),c),d); somente uma alternativa responde ao quesito proposto. Você só deve assinalar uma resposta; a marcação de mais de uma alternativa no cartão, anula a questão, mesmo que 4) As questões são identificadas pelo número que se situa junto ao seu enunciado. 5) Preencha completamente o retângulo correspondente a letra escolhida, com caneta
esferográfica com tinta azul ou preta.
6) Tenha muito cuidado com o cartão de respostas para não dobrá-lo, amassá-lo ou manchá-lo em nenhuma hipótese será fornecido um substituto. NÃO É PERMITIDO O USO DE CORRETIVO,
NEM RASURAS.
7) Sob a carteira somente será permitido o documento de identificação, ficha de inscrição, caneta e 8) Ao terminar a prova, entregue ao fiscal o caderno de questões e o cartão de respostas assinado. ATENÇÃO
Condição de anulação da prova:
Retângulos preenchidos à lápis ou caneta hidrocor.
É proibido portar quaisquer aparelhos eletrônicos, mesmo desligados, incluindo relógio,
computadores de mão, calculadoras, telefones celulares, etc.
A comprovação do porte de qualquer C
ol eletrônico pelo candidato resultará em sua
eliminação do processo seletivo.
HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 CIRURGIA GERAL
1) Paciente sexo masculino, 26 anos, submetido há apendicectomia videolaparoscópica há 2 meses, evoluiu
com novo quadro de dor em fossa ilíaca direita, contratura e defesa a palpação e descompressão brusca dolorosa no mesmo local. Também apresentou febre 38,2 graus. Retornou ao hospital em que foi operado e então foi submetido a tomografia computadorizada de abdome cujo laudo mostrou: estrutura tubular em fossa ilíaca direita de 2,5 cm de comprimento, com espessura de 1,1 cm e borramento da gordura adjacente. Tratado com antibioticoterapia para germes gram negativos e anaeróbios evolui bem, com melhora quase completa da dor e desaparecimento da febre. Procurou outro serviço para avaliação e nova tomografia computadorizada de abdome foi realizada mostrando a mesma estrutura tubular com 0,8 cm de espessura e aproximadamente 2,5 cm de extensão, ainda com borramento da gordura adjacente. Pergunta-se qual o diagnóstico e melhor conduta respectivamente: a) apendicite de coto apendicular – apendicectomia videolaparoscópica do segmento remanescente
b) doença de Crohn – tiflectomia
c) doença de Whipple – antibioticoterapia de largo espectro
d) diverticulite de ceco – colectomia direita
2) Paciente sexo masculino,66 anos, com quadro de dor em hipocôndrio direito, contratura e defesa a palpação
e sinal de Murphy positivo interna para o serviço de gastroenterologia no hospital. O quadro é sugestivo de colecistite aguda, entretanto a ultrassonografia de abdome superior revela uma vesícula biliar de espessura normal sem litiase. Solicitada tomografia computadorizada de abdome que mostrou divertículos em todo colon com um borramento da gordura adjacente à flexura hepática do colon e à vesícula biliar não sendo possível definir se o processo inflamatório é proveniente do cólon (diverticulite não complicada) ou da vesícula biliar (colecistite alitiásica). Qual o melhor exame para determinar o diagnóstico ainda nesta internação: a) cintilografia da vesícula e vias biliares (DISIDA)
b) colonoscopia na fase aguda
c) CPRE (colangiopancreatografia retrograda endoscópica com coleta de bile e dosagem de cristais e sais
d) Nova tomografia computadorizada ou ressonância nuclear magnética de abdome após 3 dias de
antibioticoterapia venosa de largo espectro. Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 3) Paciente apresentando quadro de pancreatite aguda biliar grave, mas sem necrose pancreática. Após 20 dias
de internação a paciente apresentava-se bem, sem febre, sem dor abdominal, havia reassumido a alimentação oral e deambulação, a enzimas pancreáticas (lipase e amilase) e hepática (fosfatase alcalina e GGT) haviam retornado a valores normais. Entretanto, antes da alta hospitalar apresentou nova pancreatite aguda sendo necessário jejum por 3 dias até melhora do quadro e normalização das enzimas pancreáticas e hepática novamente. A conduta apropriada é: a) alta hospitalar e programar colecistectomia para 6 meses
b) colecistectomia videolaparoscópica nesta mesma internação
c) colangiopancreatografia retrograda endoscópica nesta internação e colecistectomia videolaparoscópica
d) alta hospitalar e uso contínuo de ácido ursodesoxicolico
4) Paciente 22 anos, sexo feminino, submetida a esplenectomia, em que foi deixado dreno tubular de cavidade
em loja esplênica por 10 dias, durante o qual apenas saiu secreção serosanguinea, evolui no décimo quinto dia de pós-operatório com febre e dor abdominal em hipocondrio esquerdo. O diagnóstico mais provável e a a) lesão iatrogênica de colon e fistula estercorácea – relaparotomia com colostomia em alça
b) abscesso em cavidade abdominal (loja esplênica) – punção guiada por ultrassonografia ou tomografia
c) pneumonia – antibioticoterapia com metronidazol apenas por 10 dias
d) infecção urinária – antibioticoprofilaxia com vancomicina
5) Um paciente com apendicite aguda com peritonite generalizada é submetido a apendicectomia
videolaparoscópica. Um esquema antimicrobiano adequado pode ser encontrado abaixo: a) clindamicina + metronidazol
b) ceftriaxone + metronidazol
c) moxifloxacino + ciprofloxacino
d) amicacina + gentamicina
6) Um paciente com hérnia inguinal direita com destruição importante do assoalho do triangulo de Hasselbach
possui qual classificação de Nyhus e merece qual tratamento: a) Nyhus I – herniorrafia inguinal técnica de Bassini
b) Nyhus II – herniorrafia inguinal técnica de MacVay Anson com tela
c) Nyhus III a – herniorrafia inguinal técnica de Lichteinstein
d) Nyhus III b – herniorrafia inguinal técnica de Fergusson
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 7) A seqüência correta de fases da cicatrização tecidual é:
a) inflamatória, proliferativa, maturação
b) proliferativa, inflamatória, maturação
c) maturação, inflamatória, proliferativa
d) inflamatória, maturação, proliferativa
8) De modo geral, as neoplasias malignas da tireóide podem ser divididas com base nos conhecimentos de
patologia molecular. Marque a opção INCORRETA: a) os de origem nas células foliculares (difenciados) são representados pelo carcinoma papilifero e pelo
folicular e suas respectivas variantes, responsáveis por cerca de 90% a 95% dos casos b) o carcinoma medular, de origem parafolicular, que responde por 6% dos casos, dos quais 20% a 30% são
de origem familiar, enquanto os demais são esporádicos c) o carcinoma anaplásico,cujo comportamento biologico se caracteriza pela baixa agressividade (1% dos
d) o linfoma não Hodgkin, com origem nas células linfóides da tireóide, também pouco freqüente.
9) Um paciente apresenta uma gasometria arterial com Ph = 7,30; PO2 = 140 mmHg; PCO2 = 28; HCO3 = 10.
O diagnóstico do distúrbio acido-básico é: a) acidose metabólica
b) acidose respiratória
c) acidose mista
d) acidose metabólica com alcalose respiratória
10) São condições clínicas que geram risco elevado de desenvolver câncer colorretal, EXCETO:
a) polipose adenomatosa familiar; síndrome de Lynch;
b) parente de primeiro grau com câncer colorretal
c) retocolite ulcerativa; pós-ureterossigmoidostomia
d) doença diverticular dos cólons e após 50 anos de apendicectomia
11) A respeito da doença hemorroidária qual afirmação incorreta:
a) os sinais mais comuns são sangramento vermelho rutilante, em volume variado, durante as evacuações; e
b) há relação entre a intensidade do sangramento e o tamanho dos mamilos hemorroidários
c) A maioria dos pacientes não tem dor, apenas sentem-se incomodados com o prolapso
d) O diagnóstico se faz pela história clínica e exame proctológico
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 12) Paciente de 69 anos, sexo masculino, tabagista e portador de fibrilação atrial, dá entrada no setor de
emergência com quadro de dor em membro inferior esquerdo de inicio súbito. O exame clínico mostra um pé com intensa palidez cutânea, parestesia associada a dor e ausência de pulsos pedioso e tibial posterior. Não há empastamento da panturrilha esquerda. Não há déficit motor. O diagnóstico mais provável e o tratamento a) oclusão arterial aguda – embolectomia com cateter de Fogarty
b) trombose venosa profunda – anticoagulação com enoxaparina
c) trombose arterial – amputação ao nível de tornozelo
d) tromboangeíte obliterante – anticoagulação com heparina não fracionada
13) Paciente internado em caráter de urgência com diagnóstico de aneurisma de aorta abdominal roto, apresenta
hipertensão arterial grave (Pressão Arterial = 220 x 140) e taquicardia (Freqüência Cardíaca = 136 batimentos por minuto). Faz-se necessário controle clínico mínimo pré-operatório que inclui medidas para controle de pressão arterial e frequencia cardíaca respectivamente: a) nitroprussiato de sódio e beta bloqueador
b) captopril e amiodarona
c) hidralazina e clonidina
d) nifedipina e propranolol
14) A respeito da doação de órgãos marque a alternativa INCORRETA:
a) alguns tumores primários do sistema nervoso central, carcinoma basocelular da pele e carcinoma in situ
de colo uterino não são contraindicações a doação de órgãos b) sepse bacteriana e fungica sistêmicas não controladas; hepatites ou encefalites virais são
contraindicações a doação de órgãos c) presença de soropositividade para citomegalovírus humano, vírus Epstein-Barr, Treponema pallidum,
Toxoplasma gondii, Trypanosoma cruzi e Echinococcus granulosus contraindica a doação de órgãos d) SIDA e uso habitual de drogas endovenosas
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 15) A respeito do tratamento inicial do politraumatizado pode-se afirmar, EXCETO:
a) denomina-se hemotórax volumoso o acúmulo de mais de 1500 ml de sangue na cavidade pleural. Neste
caso pode estar indicada toracotomia de urgência b) a hemorragia é a principal causa de morte evitável no doente traumatizado. No taruma o choque deve-se
c) controle do ambiente e proteção contra hipotermia são preocupações secundárias tendo em vista as
demasi leões potenciais a que está sujeito o doente. d) No exame secundário busca-se novas informações a respeito do paciente: alergias, medicamentos em
uso, passado médico, prenhez, líquidos e alimentos ingeridos recentemente e ambiente em que ocorreu o 16) Paciente vítima de queimadura é trazido ao setor de emergência. A área queimada é de 20%, o peso
corpóreo é de 70 Kg. Utilizando a fórmula de Brooke Army Hospital modificada (que se tenta padronizar mundialmente pela Sociedade Internacional de Queimaduras), o início da reposição (com cristalóides) nas a) 1400 ml a 2800 ml
b) 14000 ml a 28000 ml
c) 700 ml a 1400 ml
d) 2800 ml a 3600 ml
17) Criança de 60 dias de vida, sexo masculino é trazida ao setor de emergência com quadro de vômitos pós-
prandiais em jato, sem bile precedidos de cólicas reveladas pelo desconforto após a alimentação. A criança apresenta-se letárgica, desidratada e a mãe informa que as fezes estão escassas. Ao exame físico do abdome percebem-se ondas peristáticas e distensão epigástrica. A palpação podemos notar a presença de uma formação arredondada próxima ao rebordo costal direito. O diagnóstico mais provável é de: a) pâncreas anular
b) invaginação intestinal
c) diverticulite de Meckel
d) estenose hipertrófica de piloro
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 18) A respeito do tratamento da distopia testicular podemos afirmar
a) o tratamento definitivo deve ser realizado entre seis meses e um ano de vida, já que a descida
espontânea do testículo ocorre na maior parte das vezes até três meses de vida e incomumente após. b) A utilização de terapias hormonais nunca deve ser realizada a através da estimulação com beta-HCG
c) O tratamento inclui orquidopexia aberta para testículos papáveis e orquidopexia laparoscópica para
d) O sucesso da orquidopexia varia com a posição do testículo
19) Paciente submetida cirurgia torácica apresenta drenagem de secreção de aspecto leitoso pelo dreno torácico
após iniciar alimentação oral. A dosagem de triglicerídeos foi de 500 mg/dl. O diagnóstico provável é de: a) fistula esofageana
b) fistula quilosa
c) fístula esofagopleural
d) abscesso parapneumonico
20) São indicações para drenagem pleural, EXCETO:
a) pneumotórax espontâneo primário ou secundário
b) pneumotórax iatrogênico ou traumático
c) hemopneumotórax traumático
d) pré-operatório de lobectomia
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 CLÍNICA MÉDICA
21) Paciente masculino de 54 anos de idade procura Serviço de Emergência com dor precordial intensa. Sua PA é
de 60/30 mmHg, taquicardia sinusal com FC de 150 bpm. O ECG apresenta supra ST em derivação V1 a V4. Supondo que você está num hospital que dispõe de todos os recursos necessários, qual seria sua
proposta terapêutica?
a) A trombólise precoce apresenta melhores resultados
b) Suporte hemodinâmico com Dobutamina para melhorar o débito cardíaco
c) Angioplastia primária e suporte hemodinâmico com balão intra-aórtico e drogas vasoativas se necessário
d) Cirurgia de revascularização miocárdica de resgate
22) Paciente masculino de 50 anos de idade procura Serviço de Emergência referindo “palpitações” há 1 semana
com piora há 2 horas. Sem doenças prévias. Na avaliação ele apresenta pulso irregular e PA=140/70mmHg. O ECG mostra fibrilação atrial de alta freqüência=140/minuto. QUAL É A CONDUTA CORRETA NESTE
a) Cardioversão elétrica após ECO cárdio transtorácico
b) Cardioversão elétrica imediata diminui risco de embolização
c) Sulfato de magnésio 2g endovenoso
d) Controle da freqüência cardíaca, heparinização, ecocardiograma transesofágico
23) Das opções abaixo, qual é a mais INDICADA para o manuseio de um caso de edema agudo pulmonar de
etiologia hipertensiva na unidade de emergência ? a) IECA e oxigenação com máscara
b) Nitroprussiato de sódio, furosemida e ventilação não invasiva
c) Nitroglicerina endovenosa e ventilação não invasiva
d) IECA e furosemida
24) Na ausculta cardíaca, qual o evento que fisiopatologicamente está mais associado à disfunção diastólica?
c) Desdobramento paradoxal de B2
d) Hiperfonese de P2
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 25) Em paciente hipertenso e diabético, qual a melhor opção terapêutica inicial?
a) Betabloqueadores
b) Hidroclorotiazida
c) Bloqueador de canais de cálcio
26) Sobre pneumonia por Pneumocystis Carinii (PCP), marque abaixo a afirmativa INCORRETA:
a) O diagnóstico definitivo por Pneumonia por Pneumocystis Carinii é feito por demonstração do
microorganismo no tecido pulmonar ou secreções do trato respiratório b) Em pacientes com Leucemia ou Linfoma, a doença (PCP) pode ocorrer na remissão ou recaída
c) A droga de escolha para o tratamento é sulfametoxazol – trimetroprim e taxas de reações adversas são
menores em pacientes infectados pelo HIV do que em pacientes não infectados d) No paciente hospitalizado, recomendam-se as precauções de rotina
27) Assinale a alternativa FALSA:
a) A infecção por Toxoplasma Gongii adquirida após o nascimento é geralmente assintomática
b) Toxoplasmose ocular ocorre mais frequentemente como resultado de infecção congênita e menos
c) A doença ocular pode se reativar após a infecção inicial em pessoas saudáveis e imunocomprometidas
d) A maioria das infecções adquiridas requer terapia antimicrobiana específica
28) Por Sífilis adquirida entendemos, EXCETO:
a) A infecção pode ser dividida em três estágios
b) O estágio terciário se refere a goma e a sífilis cardiovascular, mas não a neurossífilis
c) As várias manifestações da neurossífilis podem ocorrer em qualquer estágio, especialmente em pessoas
d) O Treponema Pallidum é um espiroqueta fino e muito móvel cultivado com sucesso em meios artificiais
29) Os antimicrobianos podem atuar de diversas maneiras.Marque a alternativa na qual TODOS INTERFEREM
na membrana citoplasmática do microorganismo: a) Penicilina, fosfomicina, carbapenêmicos
b) Metronidazol, quinolona, aciclovir
c) Cefalosporinas, vancomicina, cloranfenicol
d) Polimixina b, anfotericina, fluconazol
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 30) Paciente do sexo feminino, 18 anos, branca, estudante. Há 48 horas iniciou quadro de febre (Tº 38,8ºC), tosse
seca e queda do estafo geral. Sem antecedentes patológicos importantes. Exame físico: hidratada, febril,
FC:116 bpm; PA: 110X70; FR: 22 ipm; asculta pulmonar com sopro tubário em 1/3 inferior E + estertores crepitantes em base E. Exames laboratoriais: LG:18.300/mm3, com desvio à esquerda. Bioquímica normal.
RX Tórax: consolidação em região inferior do pulmão E + presença de pequeno derrame pleural E. Diante do quadro, qual diagnóstico mais provável: a) Empiema pleural
b) Tuberculose Pleuro-pulmonar
c) Pneumonia bacteriana comunitária
d) Abscesso pulmonar
31) Sobre Pneumonia Comunitária (PAC) assinale a alternativa CORRETA:
a) O agente mais comum da PAC é o pneumococo, estando envolvido em 30% a 70% dos casos
b) Em pacientes sem co-morbidades com PAC o melhor esquema terapêutico são as quinolonas
c) O isolamento do agente causador de PAC é sempre necessário para orientação terapêutica
d) PAC é aquela que se manifesta clinicamente na comunidade ou após a 1ª semana de internação
32) Paciente do sexo masculino, 67anos, portador de DPOC, procura o Serviço de Emergência com quadro de
tosse produtiva mucoide por 2 dias, piora da dispnéia e sibilancia leve. Uso irregular da medicação (Salmoterol + Fluticasona). Fumando: 50 a.m. Ao exame : bom estado geral,dispnéico, acianótico. FC:72
bpm; FR: 24 ipm; PA: 120x80;AR: MV diminuído difusamente com raros sibilos. Exames complementares:
gasometria: normal; hemograma: normal; bioquímica: normal; RX tórax: hiperinsuflação pulmonar. Assinale a alternativa CORRETA: conferir digitação a) A internação é necessária para o tratamento da exacerbação da DPOC
b) Após a realização do RX de tórax é necessário investigação de neoplasia pulmonar
c) Não está indicado, no momento, o uso de antibiótico, somente iniciar corticóide oral+broncodilatador
inalatório e retorno do uso da medicação d) Não é necessário o uso da medicação preventiva, uma vez que iniciaremos corticóide oral
33) No CTI é admitido um paciente cirrótico Child C, com hemorragia digestiva alta, em choque hipovolêmico e
com rebaixamento do nível de consciência. Qual das medidas abaixo não deve ser realizada: a) Intubação orotraqueal e reposição volêmica vigorosa.
b) Iniciar terlipressina ou octreotide.
c) Iniciar antiobioticoprofilaxia para peritonite bacteriana espontânea.
d) Iniciar propranolol para reduzir a pressão nas varizes de esôfago.
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 34) Mulher, 27 anos, queixa-se nos últimos 3 anos de plenitude pós-prandial, eructações frequentes, sensação de
gosto amargo na boca e desconforto na região epigástrica. Os sintomas relacionam-se com a ingestão de alguns alimentos, como gorduras, massas e bananas, piorando quando nervosa. Nega emagrecimento neste período. Com relação ao caso clínico descrito, é correto afirmar que: Deve-se pedir EDA para avaliação inicial. b) Esta paciente deve ser portadora de doença ulcerosa péptica gástrica, uma vez que seus sintomas pioram
Considerando a queixa de intolerância a alimentos gordurosos, há 90% de possibilidade de colecistopatia d) O diagnóstico pode ser dispepsia funcional, sendo fundamental uma boa relação médico-paciente e
valorização dos aspectos psicossociais envolvidos. 35) Considere uma paciente com Doença de Crohn, em uso de imunossupressor há 5 anos, que refere saída de
secreção purulenta ao redor do ânus há 12 dias. Ao exame proctológico notam-se 3 orifícios fistulosos com drenagem espontânea. Colonoscopia mostra úlceras profundas em íleo terminal e em reto distal. Ausência de estenose ou tumoração. Optou-se pelo uso de Infliximabe. Antes de aplicarmos a terapia biológica devemos a) Realizar Rx de tórax e teste da tuberculina.
b) Avaliar o passado vacinal da paciente.
c) Analisar antecedentes de neoplasia.
d) Suspender imediatamente o imunossupressor.
36) Sobre a obesidade é correto afirmar:
a) Gêmeos idênticos tem IMC bastante parecidos, independente de serem criados juntos ou separados.
b) Pessoas adotadas tem IMC mais parecidos com seus pais biológicos do que com os adotivos.
c) O recente aumento da obesidade nos Estados Unidos fala à favor da influência comportamental na obesidade.
d) Todas estão corretas.
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 37) Uma mulher com 32 anos, gesta I, para I, veio à consulta com queixa que há 8 meses começou a ganhar
peso e vem sentindo muita ansiedade, tristeza, desânimo, desinteresse pelas atividades domésticas e queda do libido. Informa que o médico perito concedeu licença do seu trabalho de professora. Há 6 meses foi diagnosticada depressão e o psiquiatra prescreveu 40mg de fluoxetina e 2mg de clonazepan/dia. Houve pequena melhora do quadro, mas há 3 meses a menstruação não vem e há 1 mês apresenta galactorreia bilateral. Nega alteração da visão. Ao exame físico alt 162 cms e peso 61 kgs, FC 82 bm, com RR 2 t, PA 130 x 90 mmHg. Tireóide normopalpável. Presença de galactorreia bilateral à expressão. Qual a hipótese a) Síndrome amenorréia-galactorreia por hiperprolactinemia causada por adenoma hipofisário.
b) Hiperprolactinemia por inibidor de recaptação de serotonina.
c) Síndrome de ovários policísticos com hiperinsulinemia.
d) Hipofisite autoimune.
38) A abordagem correta de um paciente com nódulo solitário da tireóide pressupõe:
a) Se o TSH sérico é normal, deve ser feita PAAF para estudo citopatológico (preferencialmente guiada por
b) A chance de benignidade é de 60% a 70% e de malignidade em torno de 4%.
c) Nos casos de malignidade o carcinoma papilífero é o mais prevalente.
d) Todas estão corretas
39) Mulher, 42 anos, gesta III, para III, vem à consulta por sentira cansaço fácil, fraqueza e desânimo há mais de
um ano, quando ganhou 7 kgs alimentando-se menos que anteriormente. O fluxo menstrual vem aumentando progressivamente e ultimamente dura 8 dias. Tem sentido parestesias, sonolência diurna e diminuição da memória. Refere constipação intestinal, evacuando a cada 5 dias. Ao exame físico apresenta palidez cutânea, mucosas hipocoradas (++/4 e a pele é fira e seca) Alt 158 cms e 67 kgs. O tempo de relaxamento do reflexo aquileo está prolongado. A FC é de 64 bm, RR 2 t, a PA 165 x 100. A tireóide é palpável, com volume estimado em duas vezes o normal, consistência firme. O abdome está um pouco distendido, sem sinais de ascite. O fígado é palpável a 2 dedos da reborda. Aponte a hipótese diagnóstica mais provável com os a) Anemia por menometrorragia da menopausa e hipertensão arterial. Os exames indicados são: hemograma,
b) Anemia por hipotireoidismo autoimune e hipertensão arterial. Os exames indicados são: Hemograma, TSH, T4
c) Anemia hipertensão e neoplasia primária ou metastática de fígado. Os exames indicados são: hemograma,
CEA, α fetoproteina, bilirrubinas, atividade de protrombina, TGO, TGP, fosfatase alcalina e US de fígado. d) Anemia e Hipertensão arterial com bloqueio de ramo, em mulher com hipoparatireoidismo e os exames
indicados são: ECG, cálcio, fósforo, magnésio, potássio e creatinina. Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 40) Mulher com 54 anos, casada, gesta III, para II, aborto I, menopausa há 4 anos, IMC 32, DM2 há 6 anos, em
uso de dieta, metformina (MET) 850mg 1+1+1 glibenclamida (GBC) 5mg 1+0+0 apresentou tosse seca que evoluiu para catarro purulento há 7 dias, dor torácica à direita, com febre de 38,8°, perda de peso, p olidipsia e poliúria, astenia, hiporexia e queda do estado geral. Foi levada para UPA Santa Luzia que a internou e transferiu para o HMTJ. Foi admitida lúcida, prostrada, com temperatura 38°-C, com desidratação modera da, sem hálito cetônico, PA 110 x 70 mmHg, FC 112 bm, ritmo regular em 2 tempos. A FR era de 24 irpm; ausculta pulmonar com estertores crepitantes na metade inferior de HD. A glicemia plasmática era de 418 mg/dL, o hemograma com Hc 51%, Hb 14,8; leucometria de 21400 (bastões 9%, S 76%, L 11%, M 4%). A gasometria mostrou pH 7.28, p02 98%, pCo 35%, HC03-16 mEq/L, BE-6%. Na 138 mEq/L, K 5,8 mEq/L. O RX de tórax revelou infiltrado de padrão alveolar no campo médio do pulmão D e broncogramas aéreos. Ausência de derrame pleural. Qual a melhor conduta inicial para este paciente? a) Coletar sangue para hemocultura, escarro para bacterioscopia e cultura e iniciar SF 1000 mL na 1ª hora e
1000 mL nas 2 horas seguintes; aumentar a GBC para 20 mg/dia e suspender a MET. Iniciar cefalosporina de b) Coletar sangue para hemocultura, escarro para bacterioscopia e cultura e iniciar SF 1000 mL na 1ª hora e
1000 mL nas 2 horas seguintes; suspender a GBC e a MET e iniciar insulina NPH s.c. imediatamente 0,3 unidades/Kg peso por dia. Iniciar cefalosporina de 3ª e macrolídeo IV, em doses adequadas. c) Coletar sangue para hemocultura, escarro para bacterioscopia e cultura e iniciar SF 1000 mL na 1ª hora e
1000 mL nas 2 horas seguintes; suspender GBC e MET e iniciar, após 1 hora de hidratação, infusão de insulina regular a 0,1 unidades/Kg/hora, em soro fisiológico, em bomba de insulina. Administrar cefalosporina de 3ª e macrolídeo IV, em doses adequadas. d) Tendo em vista que se trata de pneumonia comunitária, podemos tratar com hidratação com soro fisiológico,
aumento das doses de GBC e MET e uso de norfloxacina como antibiótico. Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA
Marque a opção INCORRETA em relação ao aleitamento materno: a) O colostro evolui para leite mateereni entre 3 e 14 dias após o parto
b) Geralmente entre o 2º e 4º dia após o parto tem inicio a produção mais abundante do leite, assinalado
c) O valor energético é de cerca de 60calorias/100ml, sendo a taca de gordura a que apresenta variações
d) A galactose é o principal carboidrato do leite
42) Ainda em relação ao aleitamento materno, marque a opção CORRETA:
a) O colostro e o leite humano contém linfócitos T e B, monócitos, macrófagos, neutrófilos e células epiteliais
b) Os linfócitos T de memória ativadas contidas no leite humano não estimulam o sistema imunológico dos
c) As características antialérgicas do leite humano são pouco evident4es e sabemos completamente sua
d) A tradicional comparação com leite de vaca e fórmulas derivadas deste, evidencia que há segurança em
43) Em relação aos ovários polimicrocisticos odemos afirmar que:
a) O aumento do LH em relação com FSH estimularia as células da teca folicular, as quais produziriam um
excesso de androstenediona e testosterona b) A insulina inibe a produção de androgênios na teca e estimula a síntese hepática de uma proteína que se
une à testosterona, a qual aumenta a proporção de testosterona circulante livre c) Os níveis elevados de estrogênios suprimem a secreção de FSH e inibem a secreção constante de LH,
com hipoplasia das células da teca com produção aumentada de andrógenos d) Obesidade, síndrome metabólica e hirsutismo, oligomenorréia e amenorréia são condições pouco
freqüentes em pacientes com síndrome dos ovários microcisticos Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 44) JHC, 30 anos, secundigesta com 1 cesariana anterior , encaminhada ao serviço de obstetrícia do HMTJ com
diagnóstico de cetoacidose diabética recém diagnosticada e trabalho de parto prematuro com idade gestacional de 30 semanas calculada pela ultrassonografia com 26 semanas (não sabe DUM). História de indisposição, sonolência, poliúria, polidipsia há 2 dias e dinâmica uterina presente há 4 horas. Até o momento não sabia ser diabética e não apresentava antecedentes familiares relacionados ao quadro. Ao exame pélvico: colo 4 cm, 40% apagamento, cefálico, occipito transverso esquerda, bolsa integra, BCF 114 bpm, útero fita 34 cm, em relação à conduta obstétrica mais adequada para o caso podemos afirmar que: a) Tocólise com sulfato de magnésio + cardiotocografia diária
b) Cardiotocografia + USG com Doppler obstétrico + tocólise com nifedipina se avaliação de bem estar fetal
c) Cesariana após avaliação do peso fetal estimado com USG e reserva de leito em UTI neonatal
d) Cardiotocografia com prescrição de dexametasona e após cesariana em no máximo 24 horas por
45) Paciente encaminhada ao serviço de obstetrícia do HMTJ com quadro de gestação de 33 semanas e 4 dias,
23 anos secundigesta com 1 parto normal anterior, com quadro de síncope e glicemia capilar de 586 mg/dl realizada no SAMU que a trouxe ao hospital. Ao exame físico geral de entrada em nosso serviço apresentava mal estado geral, desidratada ++/4; afebril, aneictérica, edema de membros inferiores de +++/4, FC=80bpm, FR=16 IRpm e PA=140x90 mmHg, cefaléia leve. Exame obstétrico: feto único, cefálico, BCF=148 Bpm, útero fita de 30 cm e ausência de contrações uterinas, exame especular evidenciando vulvovaginite fúngica. Em relação ao caso descrito a conduta a ser adotada deverá incluir: a) Iniciar esquema de insulinoterapia venosa, isoconazol via vaginal, hidratação e dosagem Ph e eletrólitos,
cardiotocografia e USG com Doppler obstétrico de artéria cerebral média (analisando pico de velocidade sistólica, resistência e pulsatilidade) b) Iniciar esquema de insulinoterapia subcutânea, isoconazol via vaginal, hidratação venosa +
cardiotocografia e USG com Doppler + corticoterapia c) Iniciar esquema de insulinoterapia venosa, hidratação com dosagem de eletrólitos e Phmetria,
fundoscopia, dosagem de plaquetas, LDH, ácido úrico, coagulograma, cardiotocogafia e USG obstétrico com Doppler de artéria umbilical e cerebral média , avaliando pico de velocidade sistólica da ACM e pulsatilidade nos vasos umbilicais associado a avaliação da resistência no mesmo vaso. d) Iniciar esquema de insulinoterapia subcutânea,hipoglicemiantes orais, propedêutica laboratorial para pré-
eclampsia, corticoterapia com dexametasona além de USG com Doppler obstétrico da artéria cerebral média e umbilicar (avaliando pico de velocidade sistólica e resistência) Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 46) Paciente 41 anos, com quadro de diabetes préveo à gestação sem tratamento adequado, agora consulta na
emergência da maternidade do HMTJ com quadro de amenorréia de 29 semanas com queixa de tonteira e sangramento vaginal de inicio há 2 dias. Ao exame obstétrico da admissão: hipocorada ++/4, sem edemas, afebril, FC=74 bpm, FR=22 irpm, PA=100x60 mmHg, pesquisa de Giordano negativa, útero fita de 26 cm, BCF+120 bpm. Ao exame de toque: colo posterior e impérveo, com sangramento leve e escuro sendo evidenciado. Foi internada e solicitados exames que evidenciaram: glicemia de 456mg/dl, ph 7,26; bicarbonato 9,8 m£g/L e potássio de 3,8 m£g/L. USG com Doppler da artéria cerebral média normal e diástole reversa da artéria umbilical associada a perfil biofísico fetal de 4 em 10, ascite fetal, derrame pleural e peso abaixo do percentil 10 para idade gestacional de 29 semanas e oligohidramnia acentuada. A melhor conduta obstétrica a) Aguardar corticoterapia a ser prescrita com cardiotocografia diária, perfil biofísico fetal e estabilização do
b) Indução do parto com misoprostol com prescrição de corticoterapia e esquema de insulinoterapia
c) Iniciar corticoterapia, solicitar novo exame de USG com Doppler em 48 horas, cardiotocografia diária e
após indução do parto com misoprostol além de prescrição de insulina venosa d) Insulinoterapia e estabilização dos níveis glicêmicos USG com Doppler obstétrico, estudando ducto
venoso, corticoterapia e após interrupção de gestação por cesariana 47) Em relação a Síndrome Hipertensiva na gravidez podemos afirmar que:
a) Todas as tentativas com aspirina, cálcio, vitamina E, vitamina C, óleo de peixe, entre outros, tem mostrado
ineficiência a luz das evidências clínicas. Os diversos ensaios que geram metanálises bem elaboradas demonstram que nenhum fármaco conseguiu diminuir a prevalência de pré-eclampsia b) Na gestação normal a excreção de sódio aumenta quando comparamos o segundo com o terceiro
trimestre e esse aumento é mais acentuado na pré-eclampsia c) O repouso no leito em decúbito lateral direito é recomendação comum. A maioria dos pesquisadores inclui
em seus protocolos, quer para tratamento ambulatorial ou hospitalar da pré-eclampsia provavelmente por d) A α metil dopa diminui a resistência vascular sistêmica sem alterações no débito cardíaco e deverá ser a
droga de escolha para tratamento das crises hipertensivas durante a gravidez complicada por pré- eclampsia associada ou não a hipertensão previa Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 48) A classificação das substâncias químicas de acordo com seu potencial teratogênico segundo o FDA (Food
and Drug Administration – EUA) estabelece que: a) Para a prevenção e tratamento de tromboembolismo venoso, a heparina é o anticoagulante de escolha
pela sua segurança e eficácia bem estabelecidas na gravidez sendo classificado como categoria D b) Os anticoagulantes cumarínicos são classificados como categoria B
c) O uso de heparina durante a gravidez está relacionado a malformações menores do sistema
cardiovascular fetal e poderá a critério clinico ser utilizado sem maiores restrições na gestação principalmente durante a primeira metade da gravidez d) De um modo geral, pode-se afirmar que na gestante existe um risco 6 vezes maior de ocorrer
tromboembolismo venoso e que a TVP incide em 1 a 2 casos por 1000 gestações depois da toxemia gravídica, a embolia pulmonar é a causa mais comum de mortalidade materna em pacientes não tratados 49) Em paciente de 19 anos com anovulação crônica, obesidade e ovários micropolicisticos ao USG endovaginal
a) A resistência insulínica é parcialmente explicada pelo excesso de tecido adiposo, principalmente a gordura
visceral que apresentam características metabólicas que deterioram a sensibilidade insulínica b) Atividade física regular não é capaz de aumentar a sensibilidade à insulina, não deslocando maior aporte
c) O seção de GLUT4 da metformina diminuirá a sensibilidade periférica da insulina
d) A relação LH-FSH encontra-se inalterada em pacientes com síndrome dos ovários micropolicisticos, sendo
que níveis de sulfato de dehidroepiandrosterona estarão sempre muito elevados 50) Paciente 35 anos G2P1, 1 parto normal, consulta em ambulatório de planejamento familiar desejando
contracepção. Em sua história clínica observa-se histórico familiar importante para câncer de mama, fumante 15 cigarros dia, controle com mastologista por cisto oleoso da mama e ectasia ductal. Anota-se também diagnóstico de adenomiose. A opção mais indicada seguindo critérios de elegibilidade para contracepção da a) Salpingotripsia bilateral
b) Anticoncepcional oral combinado (estrogênio + progesterona)
c) Dispositivo intra-uterino liberador de levonogrestrel
d) Dispositivo intra-uterino a base de cobre (TCU 380-A)
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 51) Uma paciente pós menopausada de 60 anos, nuligesta, sem uso de terapia hormonal, IMC 23, hipertensa em
uso de α metil dopa 2 gramas/dia e propranolol 80 mg/dia, consulta trazendo resultados de exames com mamografia bilateral BIRADS 1 e USG endovaginal evidenciando endométrio hiperecogênico e espessado com 12 mm. Neste caso a conduta adequada será: a) USG mamas e indicação de histerectomia abdominal total
b) Mamografia com compressão localizada e biópsia de endométrio com cureta de Novack ambulatorial
c) Retorno habitual com screninng mamográfico em1 ano e novo exame ultrassonográfico em 6 meses
d) Histeroscopia diagnóstica com biópsia endometrial dirigida e controle mamográfico anual
52) Casal consulta com quadro de infertilidade primária de 3 anos, ela 30 anos e ele 46 anos com filhos de outra
união. Relatam atividade sexual freqüente (4Xsemana) e negam patologias clínicas e uso de medicamentos. A propedêutica adequada a ser investigada no caso deverá incluir: a) Dosagem progesterona, TSH e T4 livre, laparoscopia diagnóstica, USG endovaginal e espermograma e
b) Dosagem progesterona e estradiol , USG endovaginal, espermograma
c) Dosagem FSH, LH, prolactina e espermograma com morfologia e USG de bolsa escrotal com Doppler
d) Dosagem FSH, LH, prolactina, TSH e T4 livre, histerossalpingografia, espermograma com morfologia,
USG endovaginal para controle de ovulação . 53) Em relação à predição de parto pré-termo assinale a alternativa INCORRETA:
a) Uma historia de parto pré-termo prévio se correlaciona com trabalho de parto pré-termo subsequente
b) A dilatação cervical assintomática após a metade da gestação tem sido considerada um fator de risco para
c) A vaginose bacteriana tem sido associada ao parto pré-termo espontâneo, à ruptura prematura de
membranas e infecção do córion e âmnio d) A detecção da fibronectina fetal em secreções cervicovaginais não tem valor em mulheres com sintomas
de trabalho de parto pré-termo para identificar aquelas com valores negativos e um risco reduzido de parto Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 54) Paciente internada no centro de parto normal do HMTJ com gestação de 37 semanas e 5 dias em trabalho de
parto, apresentando amniorexe de 18 horas, febre de 39ºC, odor fétido vaginal, dor a palpação do fundo uterino e taquicardia materna e BFC de 158 Bpm. Hemograma solicitado evidenciando Leucocitose de 18.000 leucócitos. Diante do quadro a conduta obstétrica a) Cesariana imediata por sofrimento fetal agudo
b) Indução do parto com misoprostol seguido de amnioinfusão
c) Iniciar ampicilina 2 gramas IV de 6/6 horas, mais gentamicina 2mg/kg em dose de ataque e 1,5 mg/kg IV a
cada 8 horas e indução do parto privilegiando via baixa vaginal d) Iniciar cliendamicina 600mg a cada 8 horas e cesariana após 2 horas da 1ª dose de antibiótico
55) Em pacientes com diagnóstico de mola hidatiforme parcial o cariótipo típico é:
a) 60 XXX, 69 XXY ou 69 XYY
d) 45 X e 45 Y
56) Em paciente com bacia do tipo antropóide (bacia dos primatas) o prognóstico em relação a distócias de parto:
a) É bom tendo pequena ou desprezível incidência de distócias
b) É mau com insinuação nos diâmetros transversos
c) É ruim com aumentos de incidência de posteriores (obliquas e diretas) sendo que se não houver distócia
no estreito superior, não haverá no resto d) Muito ruim com distocias crescentes com a progressão da apresentação
57) Paciente com 42 anos , consulta com queixa de dor misturada a prurido vulvar, disúria e dispareunia, com
piora progressiva do quadro de coceira. Ao exame físico evidenciaram-se pápulas, pele brilhante e com placas brancas. O diagnóstico a ser firmado é: a) Líquem escleroso
b) Intertrigo
c) Psoríase
d) Dermatite de contato associada a lesão por HPV
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 58) ML 19 anos em tratamento de infecção por papiloma vírus humano com verrugas genitais e neoplasia
intraepitelial escamosa de baixo grau. Há 03 anos realizou novos exames que evidenciaram displasia moderada (NIC II) à citologia confirmada com colposcopia e biopsia dirigida, no caso descrito a opção terapêutica/propedêutica devera indicar: a) Seguimento colposcópico e citológico trimestral
b) Curetagem uterina e seguimento colposcópico e citológico trimestral
c) Cauterização de colo uterino e seguimento colposcópico e citológico semestral
d) Conização de alta frequencia (CAF)
59) Em relação às dosagens hormonais utilizadas na avaliação do eixo-hipotálamo-hipófise-ovário, é correto
a) O teste de progesterona negativo sugere deficiência endógena de estrogênios e é fundamental na
avaliação dos casos de amenorréia primária b) O sulfato de dehidroepiandrosterona é um indicador da atividade adrenal na hiperplasia congênita da
adrenal por deficiência da enzima 21 hidroxilase c) A dosagem de progesterona maior ou igual a 10mg/ml na metade da fase lútea indica defeito de fase lútea
d) A concentração basal de FSH (3º dia do ciclo), o teste do citrato de clomifeno e a dosagem de inibina B
são métodos utilizados na avaliação da reserva ovariana 60) São fatores de risco aumentados para ocorrência de câncer de ovário, exceto:
a) Duas parentas de 1º grau com câncer epitelial ovariano
b) Pacientes portadoras de mutação de gene BRCA 1
c) Síndrome de Lynch II
d) Uso de anticoncepcional oral
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 MEDICINA PREVENTIVA E SOCIAL
As questões de 1 a 6 dizem respeito a Portaria MS-GM -648/2006 que institui a Política de Atenção Básica. Marque a CORRETA.
61) A Atenção Básica caracteriza-se por “um conjunto de ações de saúde, no âmbito individual e coletivo, que
abrangem a promoção e a proteção da saúde, a prevenção de agravos, o diagnóstico, o tratamento, a reabilitação e a manutenção da saúde. É desenvolvida por meio do exercício de práticas gerenciais e sanitárias democráticas e participativas, sob forma de trabalho em equipe, dirigidas a populações de territórios bem delimitados, pelas quais assume a responsabilidade sanitária, considerando a dinamicidade existente no território em que vivem essas populações. Utiliza tecnologias de elevada complexidade e baixa densidade, que devem resolver os problemas de saúde de maior freqüência e relevância em seu território. É o contato preferencial dos usuários com os sistemas de saúde. Orienta-se pelos princípios da universalidade, da acessibilidade e da coordenação do cuidado, do vínculo e continuidade, da integralidade, da responsabilização, da humanização, da equidade e da participação social”. Considerando-se o parágrafo acima, define-se a atenção básica como: a) Ações planejadas pelo médico que visem o tratamento das principais doenças nas famílias da área de
b) Ações planejadas pela equipe de acordo com diagnósticos do território e da população adscrita.
c) Ações planejadas pelo nível central de gestão e executadas pelo médico de atenção básica visem o
tratamento das principais doenças nas famílias da área de abrangência. d) Ações que, embora sejam de grande relevância clínica, dependem do contato dos usuários com o serviço
62) Ao identificar como responsabilidade da equipe a promoção da saúde essa Portaria se refere a:
a) Ações que se desenvolvem em diversos cenários do território e são abrangentes, tendo como foco a busca
b) Ações desenvolvidas pelas equipes dentro da unidade de saúde, tendo como foco as doenças crônicas.
c) Ações que os enfermeiros executam durante campanhas de vacinação.
d) Ações direcionadas a um público específico: idosos, adolescentes ou mulheres e que buscam oferecer maior
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 63) Ao relacionar o trabalho da Atenção Básica a uma atividade de alta complexidade e baixa densidade tecnológica a
a) O atendimento da atenção básica deve ser sempre baseado nos resultados dos exames complementares.
b) Os profissionais da Atenção Básica têm em seu repertório uma grande quantidade de recursos
c) Os usuários da Atenção Básica possuem sempre queixas bastante simples, não havendo necessidade de
d) O atendimento deve ser inter e multidisciplinar para conseguir alcançar a variedade de causalidades
64) Ao identificar o atendimento da Atenção Básica como contato preferencial ou porta de entrada do sistema de
a) Um território delimitado para garantia de atendimento a todos os moradores de dentro ou de fora da
b) O usuário que está sob os cuidados de um especialista não necessita de consultar-se com o médico da
Atenção Básica enquanto durar este atendimento. c) Embora preferencial essa entrada não é exclusiva, podendo haver outras, como a urgência, por
d) Nas emergências o usuário deve primeiro procurar seu médico da atenção básica.
65) Ao considerar a continuidade e coordenação do cuidado como princípio da Atenção Básica a Portaria refere-
a) O fato de o usuário continuar com a sua equipe de referência mesmo quando ele muda para outro bairro.
b) O fato do usuário não continuar com sua equipe de referência quando é encaminhado para outros níveis,
c) O fato de o médico utilizar a referência e contra-referência para garantir o cuidado de acordo com a
d) O fato de o usuário buscar sempre serviços mais especializados
66) Ao considerar como princípio da Atenção Básica a “Participação Social” entendemos que:
a) O serviço social deve fazer parte das equipes na Atenção Básica.
b) Os usuários devem buscar participar através dos órgãos ligados a instituições sociais.
c) A formação dos Conselhos de Saúde é obrigatória e sua participação garantida nas decisões da saúde.
d) O prefeito deve escolher pessoas para atuar nos Conselhos de Saúde
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 As questões de 7 e 8 devem usar como referência a situação abaixo: “O programa de diabetes é um exemplo da falta de equidade e dos problemas que a acompanha. Como o medicamento é caro e os governos estadual e federal praticamente fornecem de forma irregular, o secretário de saúde criou regras visando favorecer os mais carentes. Um critério foi só fornecer para quem faz acompanhamento no serviço público e é cadastrado Hiperdia. Outro critério foi a exigência do título de eleitor para 67) Essa situação referida por um usuário demonstra que o principio de Equidade, garantido pela Constituição
Federal de 1988, não está sendo cumprido, já que equidade significa: a) Que os mais pobres devem receber uma atenção à saúde diferenciada.
b) Deve ser fornecida uma maior atenção à saúde para aqueles que, ricos ou pobres, estejam em situação
c) Deve-se priorizar a atenção à saúde aos moradores da área de abrangência da equipe de saúde
d) Falta clareza de critério na utilização dos recursos da saúde
68) A exigência do título de eleitor para o fornecimento da medicação demonstra que o secretário descumpriu o
a) Integralidade
b) Economicidade
c) Universalidade
d) Regionalização.
69) No financiamento da Atenção Primária a Saúde os municípios contam com o PAB (piso de atenção básica) fixo e
variável. Esses recursos são definidos por: a) O PAB fixo depende da capacidade de prestação de serviços do município.
b) O PAB variável modifica-se sempre que o município adere e implanta ações estratégicas visando a saúde
c) O PAB variável depende do número de pessoas do município.
d) Ambos os recursos são repassados via Estado.
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 70) Sabendo que os profissionais da saúde atuam em atividades onde há risco de exposição ao sangue e materiais
a) as exposições representam riscos de transmissão ocupacional de HIV e dos vírus das hepatites B (HBV) e
b) as exposições podem ser percutâneas, mucosas, cutânea em pele não íntegra e por mordedura,
c) Apesar do sêmen e das secreções vaginais estarem frequentemente relacionadas a transmissão sexual
desses vírus, esses materiais não estarão envolvidos habitualmente nas situações de risco ocupacional d) todas estão corretas.
71) O Pacto pela Vida reforça no SUS o movimento da gestão pública por resultados, estabelece um conjunto de
compromissos sanitários considerados prioritários, pactuado de forma tripartite, a ser implementado pelos entes federados. Esses compromissos deverão ser efetivados pela rede do SUS, de forma a garantir o alcance das metas pactuadas. O Pacto pela Vida contém alguns objetivos e metas prioritárias (Portaria GM/MS nº 325, de 21 de fevereiro de 2008) e entre eles: a) Fortalecimento da capacidade de resposta às doenças emergentes e endemias, com ênfase na dengue,
febre amarela, tuberculose, malária; Promoção da saúde; Regionalização e descentralização b) Saúde do trabalhador rural; Saúde mental; Fortalecimento da capacidade de resposta do sistema de
saúde às pessoas com deficiência; Controle social; c) Atenção à saúde do idoso; Controle do câncer de colo de útero e de mama; Redução da mortalidade
infantil e materna entre outros, fortalecimento da capacidade de respostas as endemias; d) Atenção integral às pessoas em situação ou risco de violência; Saúde do homem; Fortalecimento da
72) O Dr. Jose Carlos é médico de uma UAPS . Num dia ele atende em media 30 pacientes com patologias
diversas. Alguns querem apenas um exame, ou atestado médico; outros voltam toda semana e, mesmo com o tratamento dispensado, não melhoram os sintomas. Para otimizar o atendimento o Dr. José deveria: a) Utilizar-se da prescrição como forma de encerrar a consulta naqueles casos onde os pacientes sejam poli
b) Numa equipe interdisciplinar o médico deve objetivar o tratamento das doenças, deixando os aspectos
c) Evitar fornecer muitas informações sobre o problema do paciente para não estressá-lo, considerando que
ele á um leigo e isso não ajudaria no tratamento; d) Procurar conhecer mais o contexto para saber quem é o paciente e como esta doença o afeta,
estabelecendo relações de confiança e garantido a continuidade do cuidado. Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 73) Na Atenção Primária à Saúde as doenças comuns se caracterizam por ser:
a) Benignas, fugazes e autolimitadas, com acentuada tendência para remissão espontânea.
b) Benignas e bastante diferenciadas o que facilita o diagnóstico.
c) São de baixa complexidade e requerem utilização de tecnologia dura para seu diagnóstico.
d) Apresentam-se numa fase precoce, o que facilita o diagnóstico.
74) A Incidência de uma doença num determinado lugar diminui com :
a) O prolongamento da vida dos casos não curados
b) Imigração de indivíduos doentes
c) Diminuição da taxa de cura dos casos
d) Emigração de indivíduos doentes
75) Marque a coluna da direita de acordo com a da esquerda:
São fontes de informações os dados do Sistema Nacional de Agravos Notificáveis Hospitalar (AIH), Comunicação de Acidente cardiovasculares e diminuição das doenças Apresenta os indicadores demográficos e segmento territorial, zona (urbana /rural), Considera os anos de vida perdidos a cada a) a, d, c, b
b) b, c, d, a
c) c, b, d, a
d) b, c, a, d
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 76) Sensibilidade e especificidade são propriedades de testes diagnóstico. Podemos dizer que:
a) Sensibilidade é a capacidade de um teste diagnóstico acertar em um indivíduo sem aquela doença.
b) Especificidade é a capacidade de um teste diagnóstico acertar em um indivíduo com aquela doença.
c) Testes altamente sensíveis detectam todos (ou quase todos) os doentes e tem poucos falsos negativos.
d) Testes específicos tem poucos falsos-negativos
77) Você foi contratado como médico de uma UAPS numa cidade de pequeno porte. Ao atender um paciente
a) Notificar imediatamente a vigilância epidemiológica mesmo antes da confirmação do caso.
b) Transferir o paciente para o hospital de referência na cidade vizinha e aguardar que o hospital notifique a
c) Aguardar a confirmação da etiologia meningocócica da meningite para notificar a Vigilância
d) Aguardar e observar a evolução do paciente por 24 horas antes de qualquer medida.
78) Paciente de masculino, 16 anos, branco, estudante, chega à consulta na UAPS com quadro de a febre,
(39°C) de início abrupto, associada à cefaleia, adi namia, mialgias, artralgias, exantema , prurido, anorexia, náuseas, e diarreia. Início dos sintomas há 4 dias. Você suspeita de dengue, faz a prova do laço e conta 15 a) Solicitar hemograma completo. Manter paciente em casa e orientar a hidratação oral (tomar líquidos à
vontade). Caso não melhore em até 48h retornar para reavaliação. b) Hemograma completo: obrigatório. A coleta deve ser imediata, com resultado no mesmo período. Exames
específico (sorologia/isolamento viral): obrigatório c) Hemograma completo: obrigatório. A coleta deve ser imediata, com resultado no mesmo período.
Tratamento ambulatorial: hidratação oral vigorosa: 80ml/kg/dia. d) Solicitação do hemograma completo: coleta no mesmo dia e resultado em até 24 horas. Hidratação oral:
calcular o volume de líquidos de 60 a 80ml/kg/dia, sendo 1/3 com solução salina e no início com volume maior. Para os 2/3 restantes, orientar a ingestão de líquidos caseiros. Monitorar o paciente diariamente. Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 79) Dona Antônia é diabética, obesa, hipertensa, ansiosa e usa diariamente os seguintes medicamentos:
Nifedipina (20mg-3/dia), Captopril (25mg -6/dia), Hidroclorotiazida (25mg-1/dia), AAS (lOOmg -2/dia), Metiformina (850 mg-3/dia), Glibenclamida (5mg-3/dia), Omeprazol (20mg-1/dia), Clonazepan (2mg-1/dia), Fluoxetina (20mg-1/dia) e Alendronato de Sódio (70mg-1/semana) e cálcio (500mg-1/dia). Hoje, pela manha ela chegou à UAPS com a PA 200/100mmHg e durante a consulta relata que tem medo de tornar-se dependente destes medicamentos, portanto não os toma diariamente. Podemos dizer que em relação a este a) O número de doses e medicamentos é inversamente proporcional à adesão ao tratamento.
b) Existe a possibilidade de tornar-se dependente de algum destes medicamentos.
c) Devemos usar métodos comportamentais que auxiliam a adesão ao tratamento.
d) Todas estão certas
80) De acordo com o calendário vacinal da Secretaria de Saúde de Minas Gerais para crianças, marque a coluna
a) e, d, j, g, a, h, b, i, c, f
b) j, d, e, h, a, g, b, i, c, f
c) h, j, d, e, a, g, b, i, c, f
d) a, f, d, h, i, j, b, g, e, c
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 PEDIATRIA
81) Em todas alternativas podemos suspeitar de anormalidades da puberdade , exceto:
Quando a puberdade se acompanha de manisfestações heterossexuais como sinais de virilazação no sexo feminino ou de feminilização no sexo masculino Ausência de mamas a partir dos 13 anos ou de pêlos púbicos a partir dos 14 anos no sexo feminino Ausência de pelos púbicos a partir dos 14,5 anos ou ausência do aumento do volume testicular a partir dos 14 anos no sexo masculino Surgimento de características sexuais secundárias antes dos 10 anos nas meninas e dos 9 nos meninos 82) São causas para deficiência de hormônio do crescimento, exceto:
83) Algumas doenças genéticas cursam com diarréia crônica na faixa etária pediátrica dentre elas temos a
cloridiarréia congênita que é uma doença autossômica recessiva. Dentre as alternativas marque a que não apresenta suas principais manifestações fenotípocas: a) Prematuridade
b) Diarréia grave com cloro superior a 100 mEq/L de fezes
d) Distensão abdominal
84) A fibrose Cística é uma doença causada pela mutação no gene reguldor da condutância transmmembrana do
cloro. São características laboratoriais desta doença, exceto: a) Hiponatremia
b) Alteração das diferenças no potencial elétrico da mucosa nasal
c) Hipercalciúria
d) Altas concentrações de potássio e sódio no suor
85) A síndrome das luvas e meias que é caracterizad por lesões purpúricas simétricas e eritematosas indolores
nas mãos e nos pés tem o mesmo agente etiológico que: a) Roséola infantil
b) Eritema infeccioso
c) Rubéola
d) Enteroviroses
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 86) Em Relação a Insuficiência Renal Aguda no Recem-nascido pretermo :
Na IRA pré renal a osmoralidade urinária é < 350 Na IRA pré renal o Na urinário > 30 Na Lesão renal aguda o FENA é < 2,5 87) RNPT, peso ao nascer 1100 g , encaminhado para UTI nas primeiras horas de vida. Necessitou ventilação
mecânica assistida , nutrição parenteral total e antibiótico sistêmico. A dieta enteral foi iniciada a partir do 6° dia de vida , em virtude da instabilidade hemodinâmica, com leite humano do banco de leite , alternado com fórmulas para prematuros.No início da 3ª semana de vida , a criança já se encontrava em ar ambiente, alimentando-se por gavagem , quando apresenta quadro de distensão abdominal importante e resíduo gástrico volumoso de aspecto inicialmente alimentar e progredindo para bilioso.Ao exame a criança mostrava sinais de gravidade , com comprometimento da perfusão periférica, taquicardia , apnéia , necessiatando novamente de ventilação mecânica assistida. Ao exame radiológico do abdome foi evidenciado pobreza na distribuição de gás , alças muito distendidas , com sinal de pneumatose Em relação aos aspectos apresentados na assistência prestada a esse RN podem ser considerados como risco para ocorrência de ENC (enterocolite necrotizante ) , exceto: 88) Em relação à síndrome nefrótica na infância podemos afirmar , exceto:
A lesão mais comum encontrada ( cerca de 85% dos casos ) é a lesão mínima Encontramos proteinúria maciça , hipercolesterolemia, hipertrigliceridemia, hipoproteinemia e complemeto O tratamento inicial consiste em uso de corticoide oral na dose de 2 mg/ kg / dia por 4 semanas não A biopsia é sempre indicada quando a doença se inicia no primeiro ano de vida ou após os 10 anos. Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 89) Um lactente, nasceu a termo e com 7 meses de vida foi levado ao posto de saúde e lá chegando a agente de
saúde verificou que o mesmo só havia recebido as vacinas no hospital quando nasceu e no 2° mês de vida . Quais vacinas estão faltando para fazer nesta criança? 1 dose de hepatite b , 2 doses pólio , 2 doses tríplice bacteriana , 2 doses de haemófilus b, 2 dose de rotavirus , 2 doses de meningococo , 2 doses de pneumococo b) 1 dose de hepatite b , 2 doses pólio , 2 doses tríplice bacteriana , 2 doses de haemófilus b , 2 doses de
2 doses de hepatite b , 2 doses pólio , 2 doses tríplice bacteriana , 2 doses de haemófilus b, 2 dose de rotavirus , 1 doses de meningococo , 1 doses de pneumococo d) 1 dose de hepatite b , 2 doses pólio , 2 doses tríplice bacteriana , 2 doses de haemófilus b, 1 dose de
rotavirus , 2 doses de meningococo , 2 doses de pneumococo 90) Pré-escolar de três anos, em uso de corticosteróide para tratamento de síndrome nefrótica,
apresenta febre baixa, queda do estado geral e queixa de dor abdominal. A conduta imediata é: a) Iniciar antibioticoterapia
b) prescrever ciclofosfamida
c) realizar paracentese diagnóstica
d) reduzir a dose de corticóide
91) Recém-nascido de 35 semanas de idade gestacional apresenta cianose intensa desde o nascimento. Com
quatro horas de vida, a oximetria mostra SaO2 de 30% em FiO2 de 100% (no capacete de oxigênio). Exame físico: cianose generalizada; B2 única. Radiografia de tórax: hipofluxo pulmonar. Eletrocardiograma: hipertrofia ventricular esquerda com eixo desviado para a esquerda. A conduta indicada é: a) ventilação mecânica
b) surfactante por via inalatória
c) óxido nítrico por via inalatória
d) prostaglandina E por via venosa
92) Pré-escolar de dois anos é levado ao ambulatório por estar anorético, apático, desnutrido, com palidez
cutâneo-mucosa e manchas visíveis na conjuntiva. O exame de fundo de olho evidenciou palidez de papila e mácula. Está indicada, prioritariamente, a suplementação de: a) vitamina A
b) vitamina C
c) vitamina E
d) vitamina B12
Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 93) Em relação a síndrome hemolítica – urêmica podemos afirmar , EXCETO:
a) É a causa mais comum de insuficiência renal aguda em crianças pequenas
b) Sucedida normalmente por gastroenterite mais frequentemente causada pela Shiguella
c) As complicações incluem anemia, acidose , hipercalemia, , sobrecarga hídrica, insuficiência cardíaca ,
d) As alterações iniciais nos glomérulos incluem espessamento das paredes dos capilares ,
estreitamento das luzes dos capilares e alargamento do mesângio 94) Recem –nascido a termo parto vaginal , PN: 3260 g , Apgar 9/10 .Mãe não fez pré-natal e nos exames da
maternidade foi evidenciado VDRL: 1:64 Qual deverá ser a conduta neste recém –nascido? Colher Hemograma , VDRL, Líquor , Rx ossos longos e crânio e avaliar tratamento com Penicilina Colher Hemograma ,, VDRL, Líquor , Rx ossos longos e crânio e iniciar tratamento com Penicilina G Colher os exames e mandá -lo para acompanhamento ambulatorial 95) Em relação a questão anterior , se o líquor vier com VDRL positivo , como será o tratamento:
96) Em relação à hipertensão arterial em pediatria é correto afirmar, exceto:
Pode ser de origem primária ou secundária, sendo que as causas secundárias são mais comuns e dentre Independente da idade a etiologia secundária deve ser exaustivamente investigada Na emergência hipertensiva a droga de escolha é o nitroprussiato de sódio Pode ser classificada quando a criança apresentar níveis de PA superior ao percentil 90 para idade , sexo, estatura após três medidas sucessivas de PA. Processo Seletivo Residência Médica - 2012 HOSPITAL THEREZINHA DE JESUS
Processo Seletivo Residência Médica 2012 97) Criança de 7 anos de idade , Maria Eduarda , foi se consultar e ao ser examinada foi evidenciado PA : 113 x
75 . Se encontra no percentil 75 de estatura e percentil 50 de peso. Qual a sua classificação diante de sua 98) Em relação a anemia ferropriva , marque alternativa incorreta:
Os leites artificiais com 7-12 mg de Fe / L para lactentes a termo e os leites artificiais para prematuros com 15mg de Fe / L para lactentes com peso ao nascer inferior a 1800 g não são eficazes Diagnóstico diferencial pode ser feito com β talassemia , intoxicação por chumbo associada à deficiência de O baixo peso ao nascer e a ocorrência de hemorragia perinatal significativa estão associados a redução da massa de hemoglobina neonatal e das reservas de ferro Os adolescentes também são susceptriveis á deficiência de ferro, devido às grandes necessidades do surto de crescimento , deficiências dietéticas e perda de sangue menstrual Em relação a sinusite na criança , marque a alternativa incorreta: Quadro clínico é semelhante a dos adultos e adolescentes, apresentando cefaléia, dor facial, tosse , edema A maioria das infecções do trato respiratório superior melhora em 7 a 10 dias O valor da radiografia e da tomografia é controverso A amoxacilina é a primeira escolha no tratamento da sinusite bacteriana Com relação a hérnia diafragmática podemos afirmar: As alterações anatomopatológicas em lactentes com hérnia diafragmáticas congênitas se limitam ao Quando não reconhecida pode ser causa de morte súbita em lactentes e crianças de até 2 anos de idade. A maioria do diagnóstico é feito tardiamente por falta de manifestações clínicas iniciais A sintomatologia e prognóstico independem da localização do defeito e anomalias associados. Processo Seletivo Residência Médica - 2012

Source: http://www.suprema.edu.br/arquivos.downloads/prova-geral-completa-2012.pdf

ferrerincode.es

Secondary hypolactasia is a type of acquired hypolactasia caused by a diffuse lesion of the intestinal mucosa. It occurs in persons with considerable enzymatic activity who suffer a diffuse lesion of the intestinal mucosa develops due to different causes. When the microvellosities are damaged, this leads to a reduction in the activity of all the disaccharides, but lactase is the enzyme most a

Mass administration of the antimalarial drug mefloquine to guantnamo detainees: a critical analysis

Tropical Medicine and International Healthvolume 17 no 10 pp 1281–1288 october 2012Mass administration of the antimalarial drug mefloquine toGuanta´namo detainees: a critical analysisDepartment of Preventive Medicine, Bayne-Jones Army Community Hospital, Ft. Polk, LA, USARecently, evidence has emerged from an unusual form of mass drug administration practised amongdetainees held at US Naval

Copyright © 2010-2014 Internet pdf articles